Coolsculpting

Coolsculpting
O Coolsculpting é um equipamento criado na Universidade de Harvard, nos EUA, que permite eliminar, em média, 25% da gordura localizada, com o frio, de forma natural e sem riscos para a saúde dos pacientes.

O CoolSculpting não é um procedimento invasivo, não necessitando de cortes ou anestesia. Além disso, o paciente retoma suas atividades no mesmo dia.

No tratamento, ocorre o processo da CryolipolysisTM, um método que provoca a morte da célula através do congelamento a uma temperatura específica , que não poupa as camadas superficiais da pele , eliminando apenas as células de gordura . Essas células são gradualmente removidas pelo organismo, sem prejudicar o metabolismo dos pacientes. Inclusive os exames de sangue após as sessões não se alteram, mostrando que a gordura é eliminada de forma lenta sem aumentar as taxas sanguíneas de colesterol e triglicerídeos.

 

O procedimento

O aparelho suga a gordura para dentro do copo aplicador, onde será congelada durante 35 minutos entre duas placas de resfriamento. Para não ser afetada, a pele é protegida por uma película de gel. As membranas externas (a cobertura) das células congeladas são danificadas e, em oito semanas, o organismo do paciente as destrói e elimina.

coolsculpting-como-funciona-a-criolipolise-foto-divulgacao

As áreas de realização do tratamento são sete: papada, braços, abdômen, costas, flancos, interno de coxas e culotes.

Caso o paciente queira realizar mais de uma sessão no mesmo local – mais especificamente na mesma dobra de gordura – é preciso um intervalo mínimo de dois meses, já que o resultado final só pode ser visto nesse período.

coolsculpting-areas-de-realizacao-foto-divulgacao

Atendimento especializado profissional - Agende sua avaliação